Senador Rodrigo Pacheco vê Equívoco no Ministério de Minas e Energia.

Publicado em 19/11/2020 as 16:18:31

O líder do Democratas no Senado, Rodrigo Pacheco (MG), quer convocar o Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e os diretores da ANEEL, de Furnas, do ONS e da ANA para dar explicações aos Senadores sobre o baixo nível da Represa de Furnas, em Minas Gerais.

O nível está abaixo do índice mínimo de 762, considerado ideal por moradores, produtores e empresários do entorno do lago para garantir a navegabilidade, o turismo e a produção agrícola da região. Com a convocação, ministro e diretores passam a ser obrigados a dar explicações sobre o nível do reservatório, sob o risco de Crime de Responsabilidade.

Para Pacheco, a política energética que vem sendo adotada pelo Ministério de Minas e Energia está equivocada. “Há previsão de uma queda ainda maior do nível da água de Furnas nos próximos dias, apesar das chuvas. Isso mostra que a política energética do Ministério de Minas e Energia está equivocada”, afirma Pacheco.

Visão do IDM Brasil

O Ministério de Minas e Energia é um dos mais importantes para o desenvolvimento do país e não pode jamais deixar que a soberba e o poder discricionário se sobreponham à sabedoria. Não há espaço para equívocos nem no setor Energético nem no setor de Petróleo e Gás e muito menos no setor de Mineração.

O próprio Governo não pode ficar exposto a situações vexatórias como a que ocorreu no Leilão do Complexo Polimetálico de Palmeirópolis nem muito menos a que irá acontecer com o leilão de áreas minerárias proposto pelo Ministério de Minas e Energia e pela ANM.

Dirigentes afastados

Indo ao encontro da manifestação do respeitado senador Rodrigo Pacheco, do Estado de Minas Gerais, a Justiça Federal do Amapá acaba de determinar o afastamento da atual diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e também dos atuais diretores do Operador Nacional do Sistema (ONS) por 30 dias.

Será que temos que esperar por mais tragédias? Será que o Brasil tem que continuar a passar por mais situações de vexames e sofrimentos? O Brasil não pode mais aceitar tantos erros. Nosso País não merece isso, os brasileiros não merecem isso.

Parabéns à Justiça do Amapá e parabéns ao Senador Rodrigo Pacheco.

 

Wagner Pinheiro

Presidente do IDM Brasil